Páginas

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Mentora da Sýndreams realiza workshop de Modelo de negócios pessoal

Por Sýndreams

No dia 18 de fevereiro nossa mentora Sandra Elisabeth realizou o Workshop Modelo de negócios pessoal (Business Model Canvas You) promovido pela DreamIdea.

A DreamIdea é uma empresa que tem no seu DNA a missão de, a partir da educação, inovação e tecnologia, oferecer ferramentas/conhecimento para desenvolver habilidades de profissionais inquietos, com o intuito de auxiliá-los a materializar seus ideais, e também, proporcionar as empresas soluções para direcionar e potencializar resultados.

Durante os meses de janeiro e fevereiro a DreamIdea está realizando os Cursos de Férias, com diversos workshops e palestras que tem como principal objetivo potencializar o crescimento pessoal e profissional do público envolvido.

Sandra Elisabeth (mentora da Sýndreams) e Priscila Bitencourt (Fundadora da DreamIdea)
E neste cenário, Sandra Elisabeth foi convidada a conversar com empreendedores e intraempreendedores sobre seus planos de carreira e de vida. Durante o workshop os participantes discutiram sobre o que estão fazendo hoje, porque não conseguem atingir seus objetivos, pensaram sobre as oportunidades no trabalho atual, se devem ou não trocar de emprego e outros questionamentos e dúvidas que tinham sobre seu futuro profissional e até mesmo pessoal.

O principal ponto apresentado foi o de equilibrar vida pessoal e profissional, mantendo a realização dos objetivos e das metas idealizadas.

Como resultado do workshop todos os participantes criaram seus planos de negócios pessoais, o que os deixou muito animados com relação ao futuro de suas carreiras.


As inscrições para os cursos de férias da DreamIdea terminam em 01 de abril. Ainda dá tempo de se inscrever em alguns cursos!

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Porque planejar o SEU futuro?

Por Sandra Elisabeth

Simples, porque se você não planeja seu futuro, outros o farão! Para você; por você; ou pior: contra você! Assim, o melhor a fazer é você mesmo planejar seu futuro!

Talvez você ache difícil alguém planejar contra o seu futuro, porém seus concorrentes no mercado de trabalho estão pensando a todo momento como conseguir aquele cargo que você almeja, o que fazer para ter um aumento de salário antes de você e até mesmo como fazer para que você seja demitido e assumam o seu lugar!



Por isso você deve planejar, saber o caminho que vai trilhar para alcançar os seus objetivos.

O inicio do planejamento pessoal começa com o seu autoconhecimento:

          Conhecimento do que posso fazer: refere-se ao que o indivíduo sabe que é possível fazer, caso ele queira ter possibilidades razoáveis de êxito, e ao que é melhor evitar. É uma forma de autoconhecimento que impede a sub/superestimação das próprias capacidades.
          Conhecimento do que sei: em particular, do que entendo.
          Conhecimento de quem sou e de quem desejo ser: desenha a base da personalidade e da identidade do indivíduo.

Após se autoconhecer, você precisa estipular quais são suas metas, seus objetivos e então descrever o que irá fazer para alcançar cada uma delas.

Nesse período de crise em que estamos passando, você provavelmente conhece alguém que recebeu uma promoção na empresa ou encontrou um emprego melhor! Daí você pensa: Que ‘cara de sorte’... Eu diria que não é sorte é planejamento!

Esse ‘cara de sorte’ tem o que chamamos de empregabilidade, que é a condição de uma pessoa se manter sempre empregada e constantemente procurada e convidada pelas organizações do mercado.

Para se manter com uma alta empregabilidade é necessário fazer a gestão da própria carreira assumindo totalmente a responsabilidade de se atualizar e reciclar constantemente.

E para melhorar a própria empregabilidade é recomendado que o profissional de qualquer nível deva:
                1. Utilizar critérios adequados de auto avaliação permanente.
                2. Plugar-se na identificação contínua de oportunidades na empresa e fora dela.
                3. Estabelecer objetivos de carreira e um planejamento estratégico para alcançá-los.


Então, comece agora a fazer o seu planejamento estratégico. Quais são suas metas, seus objetivos? Você deseja se tornar um empreendedor de sucesso? Um CEO de uma multinacional? Não importa o tamanho de seus sonhos, para alcança-los é necessário planejar o COMO chegar lá!

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Mentores da Sýndreams realizam workshop no Parque Tecnológico do Porto Digital – Recife

Por Sýndreams

No dia 03 de fevereiro os mentores da Sýndreams, Sandra Elisabeth e Stéfano Carnevalli realizaram o workshop “Desenvolvendo empresas inovadoras de moda usando Lean Startup” no Parque Tecnológico do Porto Digital.


Sandra Elisabeth
Stéfano Carnevalli
          
Este curso faz parte do IX Recife Summer School (RSS), um festival de eventos do Porto Digital nas áreas de empreendedorismo, inovação, tecnologia da informação, economia criativa e sustentabilidade, que começou em 31 de janeiro e vai até dia 24 de fevereiro.

Recepção do RSS

Este ano, o RSS contou com mais de 170 atividades, envolvendo cursos, palestras, workshops, debates e mesas redondas. É uma iniciativa que deu certo! 


O objetivo do curso realizado pelos mentores da Sýndreams foi despertar o lado inovador das empresas de moda e apresentar as oportunidades existentes neste mercado.

Participantes do Workshop
Stefano Carnevalli ressaltou bastante a importância de se inovar e que a inovação não significa apenas criar algo novo, mas principalmente compreender o que cliente precisa e atender essa necessidade que foi negligenciada pelos concorrentes.

Stéfano Carnevalli
Além do conteúdo apresentado em forma de workshop os participantes também receberam o livro “Transformando ideias em negócios lucrativos: aplicando a metodologia lean startup” dos autores Sandra Elisabeth e Robisom Calado.



A biblioteca do Porto Digital também foi presenteada com dois exemplares do mesmo livro.


Clara Arruda e Sandra Elisabeth 

O RSS está de parabéns pela iniciativa e pelo evento! Grandioso e com muito conteúdo de qualidade.

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Falta de dinheiro é problema?

Por Sandra Elisabeth

É comum alguns empreendedores e empresários em um determinado momento, principalmente nos de crise, acharem que o que falta para o negócio dar certo é dinheiro.
  • Dinheiro para mais marketing (sim, porque eles nem sempre sabem a diferença entre marketing e propaganda);
  • Dinheiro para aumentar a produção;
  • Dinheiro para aumentar a equipe;
  • Dinheiro para .....                                
Não seremos hipócritas; dinheiro é sim muito importante para dar continuidade a um empreendimento, porém nem sempre a solução é apenas buscar mais dinheiro.

Precisamos compreender que o Fluxo de Caixa da empresa é apenas um registro de entrada e saída de recursos, e quando falta dinheiro nesse “registro” é um sintoma que alguma coisa está errada!


Veja: S I N T O M A, ou seja, efeito!

Isso significa que não adianta conseguir mais dinheiro com um investidor ou banco. Esse dinheiro só vai adiar a morte da empresa, caso a raiz do problema não seja descoberta.

É como uma pessoa com febre. Sabemos que essa febre é um sintoma e que é necessário que o médico descubra a causa da febre para efetuar a cura. Até que a doença seja descoberta, a pessoa pode tomar remédios para baixar a febre, porém se a causa da doença não for descoberta a febre voltará assim que o efeito do remédio passar!

Qual é o problema então em se buscar investidores ou bancos quando a empresa está com o “sintoma” de falta de recursos financeiros? O problema, é que quase sempre se esquece de procurar quais eram as causas desta falta! Assim, quando esse dinheiro acaba, o sintoma volta!



Claro que se houver folego financeiro é mais fácil para procurar a causa do problema, porque haverá mais tempo... Mas será mesmo necessário esperar faltar dinheiro para rever processos e avaliar a “saúde” da empresa?

Todos hão de concordar que quando a empresa tem dinheiro é muito mais fácil conseguir investimentos ou empréstimos. Assim, se o empreendedor percebe que há algo que precisa ser corrigido ou melhorado, ele deve o fazer imediatamente para que o problema não aumente.

Caso não consiga fazer isso sozinho, procure ajuda. Invista em conhecimento e desenvolvimento para o seu empreendimento.

Se você acha que não tem nada para melhorar, cuidado! Esse é um sintoma clássico de miopia de negócios!!!


E lembre-se, se as vendas estão ruins, não culpe a crise ou o seu concorrente. Identifique o que você pode fazer para melhorar esse cenário? Não espere acabar o dinheiro para tomar uma atitude! Como já discutimos anteriormente, quanto menos recurso financeiro mais difícil aplicar uma solução.